17 de ago de 2009

Luz neon... ( by Ava )





Sairam da festa meio embriagados.... Caminhavam lado a lado, sentindo o calor de seus corpos, o que só aumentava o desejo que latejava entre eles... Ele com o braço nos ombros dela, mão firme, a apertavam mais e mais, fazendo com que ela sentisse a força viril que vinha dele...


Durante a festa, já trocavam olhares, num jogo de sedução que só aumenta a vontade de estarem juntos... Ela, percebendo o interesse dele, fazia seu jogo... Uma saia levemente curta, botas, uma blusa com um sensual decote, que nada de tinha de vulgar, mas tudo de tentador... Ele estava enlouquecido... Ela gostava daquele jogo... Sentia-se fêmea, mulher, felina...


Seus olhares se cruzavam, em meio a tantas pessoas presentes, sempre achavam um jeito de estarem juntos... Ele, ofereceu um copo de bebida, roçou sua mão ao passar o copo... estremeceu, ao sentir seu toque... Ele chegou mais perto para se apresentar, sentiu seu cheiro, cheiro de mulher... seus instintos de caçador já em alerta... ela percebeu seu nervosismo, ao querer disfarçar o tesão que sentia... Jogaram aquele jogo de sedução a noite toda... Nervos a flor da pele... corpos que se atraiam como íma... Saíram juntos. Ele se ofereceu para acompanhá-la até o carro, algumas quadras adiante.... No estacionamento, resolveram sair no carro dele, depois ela buscaria o carro dela... naquele momento, tinham urgência de estarem juntos... urgência de bocas, de pele, de sexo.... Dirigindo meio a esmo, ele só queria um lugar para ter aquela mulher... Ela, louca de desejos, só queria um lugar para ter aquele homem...


De repentes, luzes de neon... azuis, vermelhas, verdes, piscam a sua frente, um motel de quinta... Eles tem pressa... Entram... mal conseguem chegar até a porta... Ainda em pé, ao lado da cama, ela sente seus beijos, suas carícias atrevidas, suas mãos que vão arrancando sua roupa lentamente... Ela só percebe uma luz azul, uma penumbra, um quarto pequeno e ordinário, cheiro de sexo espalhado no ar... Seus sentidos estão entorpecidos... Suas mãos trêmulas, vai arrancando as roupas ele, nun jogo lento de deliciosa tortura... Se abraçam ali, nus, corpos, se enroscam, se fundem... Deslizam para a cama, onde o êxtase daquele momento os consome como labaredas...


Pedem uma água, enquanto juntam as roupas espalhadas, vão se dando conta da loucura que fizeram... Ela sorri... ele também... sentem-se cúmplices naquela travessura. Saem abraçadinhos... Ele a leva para pegar o carro... Marcam um novo encontro... Muitos virão... Mas com certeza, aquele motel barato jamais será esquecido....


36 comentários:

Andreia disse...

Ava que história quente!
Eu já vivi situação muito parecida, rsrsrsrs
Este desejo e jogo de sedução é uma delícia!!!
E posso afirmar é irresistívelmente inesquecível!!!
Beijinhos....

Andresa disse...

Minha Amiga,
Quanta inspiração nesse jogo de sedução, ao final da escrita so nos restas suspiros.

Amei, um grande beijo
Andresa Araujo

Blue disse...

E assim escrevem-se nosso dias. Lindo texto, se ficção ou realidade, não vem ao caso...

Beijos

rm disse...

Ei Ava,
mas aqui: era baile funk? rss

Luna Sanchez disse...

Ava,

Essa coisa de motel barato, sexo com desconhecido, palavrões, quem sabe até uns tapas de leve, não ser tratada exatamente como uma princesa (hohoho) faz parte do imaginário de todas as mulheres, né não? Ou, como diria o mestre, "só das normais".

Sendo assim, oba, sou normal!

Muito bom o texto.

Beijos.

Beijos, RM.

ℓυηα

Ju disse...

uh! que venham muitos...
;-)

Cris Animal disse...

Avaaaaaaaaaaaaa.....de quinta, de sexta, de sábado........kkkkkkkkkkk
Na boa? em algumas ocasiões da vida a gente é exigente e tem mais é quer ser. Quer o conforto que vc já conquistou, mas em outras ocasiões esse improviso e com tudo que ele tem direito é uma delícia de viver.


Adorei.

beijooooooooooooo

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

Divertido!...

Nilson Barcelli disse...

Acontecem coisas dessas a muito boa gente... o amor é sempre lindo, qualquer que seja o local ou a hora...
Gostei do seu texto querida amiga.
Um beijo.

AC Rangel disse...

Sedutora. Vc é.

Pensador disse...

Jogo da sedução... Jogo interessante e delicioso, onde se sabe como começa, mas jamais como termina.
Tesão em limites... Resultado sempre desejado, não de todo inesperado, de um jogo de sedução. Nestes momentos, não importa onde seja, onde aconteça, o que importa é deixar fluir o desejo, deixar os corpos se fundirem em um momento de gozo e paixão.
Adoraria viver, neste momento, uma aventura assim com meu amor.
Beijos!

Vagner lopes disse...

Woooww!!! Tá calor ou é impressão minha?

Li, gostei e seguirei.

Beijos.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Avinha, que texto mais hot! Adoro quando alguém escreve o desejo dessa forma. E esse motel barato, hein? Amei!

Ah, você é um amor!

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

J. Araújo disse...

Belo conto. Assi é o jogo da vida. Dois corpos em brasa o resultado não poderia ser outro. A primeira vez é inesquecivel.

Parabéns escritora; continue produzindo estes belos contos de sedução.
Ah, e obrigado pelos comentários

Bjs

Francisco disse...

Avinha, Avinha!!
Parabéns, menina!
Me senti dentro daquele quarto de motel, juntando lençois e toalhas pelo chão, tão logo eles se foram! rsrsr
Beijãozão!

Daniel Savio disse...

Bem, jutando a vontade de comer com a fome só pode dá nisso...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de luxuria.

Fiquem com Deus, menina Ava e Cia.
Um abraço.

Bandys disse...

Ava,
Uauuu quanta ispiração..Um jogo de sedução que da certo, caliente, gostoso..
Adorei, é bom ler e viver o personagem..muito bom!

Beijos

Ps: Minhas inspirações vem do dia a dia, do amor, da alma, do encontro do tesão pela vida.
Ah menina, de ler coisas como eu li agora, rss

Jacque disse...

Obriada, seu Blog está Lndo, seu nome Ava tão Lindo. Parabéns. Volte sempre.

Beijo.

Jacque

Ava disse...

Meus queridos leitores, Quando jogamos as palavras nessa tela fria, não imagimos no que vai dar...rs


Juntando tudo, deu esse texto, que cada um de vcs leram, a sua maneira, vivenciaram a emoção e sedução emanada dele...


O carinho e as palavras de incentivo me enchem de alegria, claro! Ninguém escreve ao vento...


E com leitores tão especiais, me sinto recompensada.


Beijos e abraços, de um avassalador carinho e agradecimento....

Ava disse...

rm, meu parcerim, como diz a querida Udi....rsrs


Não era baile funk...rsrs

Querido, obrigada por abrir sua casa para mim, me deixar a vontade para soltar o verbo, me dar a honra de fazer parte de seus colaboradores...

Um agradecimento especialíssimos e avassalador a voce...rs


Beijos para Dona Tetê e Dona Udi, que andam tão sumidas...rs


Saudades!

(Carlos Soares) disse...

Ai,me deixa respirar.Ufaaaa. Que sensual, que romântico. E gostei muito do motel barato,essa boemia numa madrugada louca, não nego que já vivi algo assim.Muito chamativo seu texto,quanto mais se lê,mais se quer.Entrei dentro do texto.Parabéns,beijos e obrigado pelo carinho

Déia disse...

Ava...Que delícia...instinto e desejo...fogo ardente...
Não consigo pensar em nada melhor para se fazer do que isso..
Deixar fluir os desejos...deixar o tesão tomar conta e sorrir na cumplicidade!
Amei! bj

rm disse...

Ava, querida,
eu que agradeço, nega!

Deusa Odoyá disse...

Minha linda amiga.
Que sensação mais delicciosa deles.
O amor em pleno combustão...
Esse desejo aflorado nos fazem viajar entre labaredas de tesão.
Parabéns pelo texto.
No improviso, eles alcançaram o êxtase do prazer.
Muito lindo e invejado momento.
Lunaquerida, muita paz, amor e luz em seu coração.
Obrigado por sua visita ao meu cantinho.
volte sempre amiga.
Regina Coeli.

jorge disse...

Seduccion, mas tarde deseo.

Luego satisfaccion del deseo.

Y una cita futura.

Me gustan esas luces de neon.

A.S. disse...

Ava querida...

Há momentos imprevisiveis, únicos, irrepetiveis!...
Amei a sensualidade das palavras... e a tua!...


Beijo-te!
AL

Vivian disse...

...como bem disse a Cris,

de segunda, de terça, de quarta,
de quinta...
o que isso importa quando
o que se precisa é somente
de dois corpos envoltos
em desejos e tesão?

lindo e excitante conto.

bjuuuuuuuuuuu

Udi disse...

...e nem tente querer voltar ao mesmo motel que jamais será a mesma coisa!
:)

beijos, Avinha!

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

OBRIGADA, AVA!
Venho (e virei) sempre aqui!
Não tenha dúvida!
Textos bons, a gente não pode perder...
Bjs!

Almirante Águia disse...

Alcool, corpos, neon, um final feliz.

Agumas coisas são como o café, tem que ser da hora.

Grande Abraço

SAM disse...

Que maravilha! Fiquei tonta sentindo as luzes neon rsrs. Excitante e delicioso texto!


Beijos, Ava!

Cristina e Márcia disse...

Sexo louco é devastador!!!
Criativo esse mouse, hein¿¿¿¿¿¿???????
Beijinhos, adorei!!!!
Marcia

Ava disse...

Meu beijo especial, a cada um de voces que aqui deixaram registrado seu carinho...

Que bom que conseguiram sentir todas as emoções que tentei colocar em minhas palavras...

Meu carinho avassalador a todos....

Tatiana disse...

Com toda certeza ficará para sempre na memória!
Momentos assim são intensos demais!

Adorei tudo aqui!
Beijos

Marcos Campos disse...

Oi Ava!
Quem já não passou por isso? Se não passou, está perdendo...
beijos!

Bia Maia disse...

É sempre uma viagem!
Voc~e é demais, amiga!
Detona em seus textos!
Me curvo e tiro o meu chapéu!
PARABÉNS!
E viva a "pimenta" dos relacionamentos!

Beijos e linda quinta feira!
Biazinha