23 de jul de 2009

Calàf (by Tetê)


Nessum Dorma é uma ária do último ato da Ópera Turandot, de Giacomo Puccini.

os acordes são roucos, seu tom de voz ressoa quase desfalecido, mastigo as sílabas, engulo a seco e aceito o convite à dança.
ao som ensurdecedor, não me ocorre outra coisa senão fechar os olhos e sonhar. nessas horas queria saber escrever de olhos vendados.



A ária refere-se à proclamação da princesa Turandot,
que determina que ninguém deve dormir:

[...]
Que
ninguém durma!
Que ninguém durma!
Você também, ó Princesa
Em seu
quarto frio, olhe as estrelas
Tremendo de amor e de esperança...

suas mãos me chegam e me tocam no silêncio absoluto posso assisti-lo imóvel, a dançar comigo, de olhos fechados.
é feita a magia.


todos passarão a noite tentando descobrir o nome
do príncipe desconhecido, Calàf, que aceitou o desafio.


[...]
O meu nome ninguém saberá
Não, não, sobre tua
boca o direi
Quando a luz brilhar...

minha pele arrepia e sinto na alma o desejo de tocá-lo, tal qual sente a mãe ao ter seu filho parido, tal qual sente a mulher que deseja seu homem. sua respiração é curta, seu coração frio e suas mãos repousam sobre a testa.

Calàf canta, certo de que o esforço deles será em
vão.


[...]
Parta, oh noite
Esvaneçam,
estrelas
Ao amanhecer eu vencerei!
Vencerei!
Vencerei!

e vencida pela exaustão, faço do gozo meu prazer em rítmicos e múltiplos orgasmos.

cala-se Calàf



18 comentários:

Denise disse...

De olhos fechados.......e com todos os outros sentidos aflorados.
sinto apenas o tambor que se fez em meu peito.

LINDO!
afagos
De

...Sú... disse...

Eu AMO essa música...

Beijos Tetê!!!

rm disse...

Ei Tê,
soltando o verbo mesmo, heim nega? Muito bom!

Para quem não conhece a música (será que alguém não a conhece?):

http://erreeme.blogspot.com/2008/11/vozes-femininas-4.html

°•~ ∂ąnnι °•~ disse...

Oi tetê!!!

Acordou inspirada em amiga?!
Será reflexo da noite de ontem??? rsrsrsr...

Bjs!


=)

Tetê disse...

Érree!!

Obrigada mais uma vez pelo
espaço!
Mas bem que vc podia botar a
musiquinha aqui pra gente,
hein...


De,
fico tão sem graça quando vc fala
essas coisas... eu apenas brinco
com as palavras.
Afagos pra vc tb!!

Su, tb!!!!
Beijus, Linda!


Danni!!
vc é mimha amiga!!
Te adoro, menina!


Bjus a todos!!

rm disse...

É pra já, Tê!

Luna Sanchez disse...

Tetê,

A inspiração estacionou aí, e ficou, então?!

Belo post, amiga. Tem uma mistura de delicadeza e força, gostei muito.

Beijinho,

ℓυηα

Tetê disse...

Nossa, ÉrrRRReee!!

Vc é o Rei dos reis, Querido
Amigo!!

aí, quando digo que queria saber escrever
de olhos fechados... parece que estou fazendo poesia (ahh, quem me dera!!),
só estou expressando minha sensibilidade
que às vezes de tão grande,
não me cabe mais.

Obrigada!!
por tudo!!


Luna,
vontade de viver dá nisso,
e tesão de vida, amiga...
ninguém segura!!


Bjus aos dois!!!

Eu(276)bão disse...

vencida pela exaustão, nunca

A.S. disse...

Tetê...

VC anda inspiradissima! e a música é uma delicia!!!


Beijos meus

KrystalDiVerso disse...

Nessun Dorma!...
Nenhuma ópera deve ser levada a sério nem nenhuma lágrima que dela escorra deve ser interpretada como sendo algo mais do que um fingimento sem compaixão!... Príncipes e Princesas embalam-se nas noites distantes dos dias e nunca se encontram... ou quase!... A distância é inegável e tecem-se eufemismos educados entre as linhas das entrelinhas que parecem dançar ao som da insônia; nesse inperceptível espaço a magia acontece!... Mas sua duração é, admiravelmente, tão mágica quanto o desejo do infinito e... mais tarde ou mais cedo, príncipes e Princesas adormecem sobre o SONO QUE NINGUÉM DORME!...
A música é um elo, mãos que oferecem, braços que abraçam, corpos que sentem o prazer da magia que activa sentimentos e sensações indescritíveis!... Desejos imaginados dançam uma louca dança com a imaginação do desejo que se vai entranhando cada vez mais... e a noite começa numa conhecida suavidade clássica, mas o "cio" impõe regras incontroláveis e o ritmo vai acelerando num frenesim admirável! Nessun Dorma!... Ritmo e mais ritmo, lágrimas e mais lágrimas, mas estas do mais insuspeito prazer... Que Ninguém Durma, porque a distância está, afinal, ao alcance de um sonho que não deixa dormir e que dorme no despertar das diferenças mais imprevistas... nos encontros e reencontros mais imprevistos... no Despertar da Amizade, da Compreensão, da Sinceridade... de todo o Amor que puder receber e oferecer-se!... Assim, tudo será Admirável, mesmo que...
NESSUN DORMA!


Escolha entre... beijos e abraços

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Me dê algo de beber no meio de uma noite em que dos ventos só se ouça o silêncio!

Até mais.

Jota Cê

O Profeta disse...

Pintei em traços vibrantes
Aprisionei a beleza e a harmonia
Dancei no sabor de irreverentes matizes
Misturei a aurora com o fim do dia

Um violoncelo soltou duas notas sorridentes
Dançaram as cores de forma trágica
Os pincéis inventaram a doçura do teu rosto
Em movimentos de rodopiante mágica


Bom fim de semana



Mágico beijo

Ava disse...

Tetê,


Arrasando por aqui...

Depois volto para ouvir a Ópera...



Beijos!

Helô Müller disse...

Meu Deus! Me belisca diante de tanta beleza ... Estarei sonhando ou estou mesmo lendo, vendo e ouvindo tanta belezura junta ?!
Poxa, seria bom avisar ao desavisado leitor que se precavesse pra não ter um piripaque fatal !! rs
Altamente inspirada e possuída por Afrodite quando bolou este post!
Helô

Felina disse...

Tetê.... lembrando uma nossa conversa sobre sensualidade...

musica e texto divinos

beijos

Érica Martinez disse...

"são dois pra lá, dois pra cáaaaa..."

TetÊ disse...

RM, obrigadA!













Тєтê
.......ям иσ νєявσ