27 de nov de 2009

OLHOS E VOZ (by RM)



Ela é ainda bastante jovem, mas já tem muito tempo de estrada. Crooner da banda Mahalilla desde 1999, Van Luchiari é cantora profissional desde os 19 anos e multi-artista das notas, das letras e das cores... Por falar em cores, seus olhos de indefinível turquesa só são rivalizados por sua voz, impressionista e apurada.

Mantém diversos blogs e é presença constante também no twitter, onde encanta seus muitos seguidores, com delicados haikais poéticos. A propósito, como se não bastasse, ela é um doce de simpatia e bom humor...

Escolhi esse clássico de Cole Porter na interpretação da Van, mas várias outras canções, composições próprias ou de outros autores e versões de grandes sucessos, podem ser ouvidas aqui.


.

16 comentários:

Van disse...

Uaaauuu!
Isso é o que eu chamo de "presente"!!!
=)))

Inesquecível. Amei, querido.

Beijomeu,
Sempre!

rm disse...

Presentes são seus olhos e voz; lindos!

Daniel Savio disse...

Hua, kkk, ha, ha, homenagem literalmente...

Fiquem com Deus, menino RM e meninas.
Um abraço.

Du disse...

A Van merece!!!
Que linda homenagem para uma pessoa mais linda ainda!!!

Beijos

Cora disse...

Olhos, voz e talento...


Gostei muitíssimo!

rm disse...

Daniel,
literal fly me to the moon? rss

Du,
bem vinda! Agradeço o simpático comentário.

Cora,
viu? "Vezemquandamente" eu acerto... Ah, e ela é de Ribeirão Preto, sabia? rss

(Carlos Soares) disse...

Que legal.Parabéns pela homenagem

Udi disse...

Voz forte e maravilhosa!
Sempre compartilhando seu bom gosto com a gente.
Thanks, parceirim.

Luna Sanchez disse...

De fato, a voz é linda, tanto quanto os olhos.

Adorei, RM.

Beijo.

ℓυηα

rm disse...

Carlos, Udi e Luna,
agradeço os simpáticos comentários...

Mr. Almost disse...

Quem vê olhos não vê corações.

Mas a voz é linda... E é azul.

rm disse...

E precisa ver? rss

Acho que é verde...

Mr. Almost disse...

Eu sou igual a S. Tomé. E a voz, pode-se ver, sim: quando tem corpo, curvas, quando é sólida, material.

É por isso que você quando ouve cantar, sei lá, o Chico ou a Zélia Duncan, identifica logo, vendo os cantadores com os ouvidos.

Há gurias com uma voz muito linda, tão linda, tão linda que dá até para mastigar. Há tempos uma guria com uma voz única disse que:

- Vou te encará!
- Vai quê?
- Te encará!
- "Encará" como?
- Encará! E te pegá.
- Sou muito pesado... Você não pode comigo.
- Dexá comigo, meu sonho azul.

E eu "déxé", né? Contrariar a moça para quê?...

Azul é azul e achei mal amarelar.

rm disse...

Calma, Portuga... Falava sobre a necessidade de se "ver" o coração...

Rapaz, eu tenho uma excepcional memória auditiva e quase certeza de que conheço a guria do caso que você contou... rss

Verde!

Mr. Almost disse...

Mentira! É impossível você conhecer.

rm disse...

Ok ok...

Mas o sotaque é conhecido... rss