22 de set de 2009

Entre o sete e o oito (by Luna)

_

Ela entrou apressada no prédio, o elevador estava fechando. Alguém, lá dentro, educadamente segurou a porta, quando escutou o barulho da chave. Quando ela colocou o pé no elevador, viu que era o vizinho do sétimo andar, lindo, gostoso, cheiroso, com a barba por fazer (ui, ui, ui) e cara de sério (que atrevimento...homem bonito deveria ser proibido de fazer cara de sério, isso é um atentado ao pudor!).


Ela agradeceu, ele ensaiou um sorriso mecânico, e logo refez a cara formal.


Quando foi apertar o botãozinho do oitavo, viu que já estava selecionado. Ah, que interessante : ele sabe em que andar eu moro! Isso, apesar de ser pouco, é melhor do que o absoluto nada.


A partir daí, sua mente deu voltas e mais voltas, cheia de indagações : será que é um teste? Ele quer ver minha reação, será que é isso? Ah, meu Deus, sou péssima com testes, travo toda quando sei que estou sendo analisada...o que será que esse homem quer?!


O cara ali, na dele, e ela aflita, pensando : talvez eu deva apertar o botão do oito mesmo assim, pra ele ver que sou independente, que não aceito imposições, que não preciso dele, que me garanto. Isso, vou apertar!


Não, melhor não...pode ser mais inteligente mostrar que sou uma moça delicada, que sei reconhecer gentilezas. Homem gosta de ser protetor e gentil.


Acho que ainda não é essa a postura ideal...que difícil! E se eu fingir que não vi que o oito está cor de laranja, e pedir que ele aperte o botão pra mim? É, pode até ser, mas e se ele interpretar como uma demonstração de carência e dependência? Se ele achar que estou buscando a figura paterna e blábláblá?


E se eu ousar e apertar o nove? Aperto, olho pra ele, e digo que tenho o costume de saltar lá e descer um andar pela escada, para evitar a vida sedentária. Não, essa opção é horrível. Vai fazê-lo pensar que sou uma chata, que conto as calorias de tudo que como, que vou implicar com a cerveja dele...


Estavam passando pelo quinto andar, e ela sentia como se uma oportunidade de ouro escapasse por entre os dedos. Numa última tentativa desesperada, pensou : e se eu fizer o elevador parar entre dois andares, agarrá-lo e devorá-lo, como se só tivesse mais 10 minutos de vida? Ele pode se apaixonar perdidamente ou gritar por socorro, e se fizer isso, eu terei que mudar desse prédio e ainda corro o risco de ser processada.


É...é o fim, mesmo. Lá se vai minha única melhor chance de escrever um conto erótico baseado em fatos reais.


O elevador, que não tinha parado em nenhum andar até então, abriu a porta no sétimo, e o cara desceu, enquanto dizia um “Boa noite” seco, sem nem olhar pra trás.


Ela pensou em voz alta, enquanto chegava ao oitavo : que babaca, idiota, infantil! Avaliar uma mulher por seu comportamento dentro de um elevador é uma coisa muito, muito besta, né não? Homem é tudo palhaço, não tem jeito.








* Gurias, colaboradoras do blog : RM me chamou e disse que apertando um pouco, caberia mais gente. Cheguei, então. ;)



NOTA DO ADMINISTRADOR
Pela qualidade do texto parece mentira, mas Luna Sanchez tem apenas 22 anos. É gaúcha de Porto Alegre, estudante de Publicidade e Propaganda (e já trabalha na área) e solteira! Mas não se animem demais os possíveis muitos pretendentes: ela me disse, em off, que tem um "gato" e é "escorpiana passional"...
Mais informações no PalavrasdeLuna ou n'asmuitasfasesdaluna, onde a guria mostra mais talento e um pouco mais de si mesma.
.

38 comentários:

(Carlos Soares) disse...

Aaaaaaaaa... pôxa,fiquei torcendo. Não valeu.Mas com certeza você relatou uma cena cotidiana. A gente fica na vontade, como eu fiquei agora... torcendo prum final feliz.E que feliz seria. he he. beijos

rm disse...

Ei Luna,
não sei se a turminha aqui usa "Rexona", mas sempre caberá o talento e a sensibilidade demonstrados nesta postagem.

Quanto ao mérito: claro que todo homem inteligente desiste, ainda cedo, de entender as mulheres (rss). Mais produtivo admirá-las...

Muito bem vinda; a casa é sua!


(permita-me, por favor, acrescentar breve adendo ao seu post)

Ava disse...

Luna!

Que delícia essa indecisão infantil....rsrs

E diga-se de passagem, bem feminina...

Afinal, por mais bem resolvidas que somos, na hora "H", qualquer decisão se torna uma coisa de outro planeta!

Também, esse negócio e ficar imaginando o que o "cara" vai pensar é fogo!!!


Acho que o melhor é atacar.... depois pensar....rsrsrs


Amei de paixão.... Aliás, sua expontaneidade com as palavras é encantadora!


Voce chega lindamente, e sua vaguinha é especial... rm sabe como fazer, para sempre caber mais uma....rsrsrs



Seja benvinda!


Com carinho!

Daniele.. disse...

Luna,

Hahahaha, adorei a personagem atrapalhada. Mas, que guri insensível, passou longe dos contos de fadas!

Adorei o texto.

Beijos para vc.

Emerson Souza disse...

Eu sou fã incondicinal.
Ponto.

Déia disse...

Eu tb sou fã!!

Parabens pra quem convidou!! E parabens pra quem escreveu rsrsrs

Pra variar fico presa a história, torcendo pela protagonista rs...Me vejo na situação, sofro, torço, chego a suar!

Não foi desta vez, mas certamente novamente irão se encontrar... rsrsrs

bjs

Silvia Gonçalves disse...

kkk

Eh mulher... vc é ótima... demais mesmo...

Pensou tudo isto sozinha e o cara talvez não tenha pensado nada.. mas sozinha ainda deu sua conclusão dos fatos e o setenciou...

Só as mulheres conseguem fazer isto né...

Oh doida, escrevi um pouco sobre sinceridade X estratégias da vida lá no blog... depois passa lá e deixa também sua marca...

Bjos de terça....

;)

Daniel Savio disse...

Hua, kkk, ha, ha, como assim, ele só por educação ao apertar o andar que ela se encontra...

Mas quem disse que ela não pode ter uma segunda chance, ou melhor, fazer que ele tenha a sua "única" chance...

Fique com Deus, menina Luna.
Um abraço.

***MissUniversoPróprio*** disse...

Essa 'menina' arrasaaaaaa! Adoro! Tem mais nem graça dizer que amei o texto! hehehe ;)

Muito típica toda essa criatividade feminina, né? Acho que toda mulher é um pouco (às vezes um MUITO!) assim! ;) Besosss!

Mitti disse...

Ahhhhh muito legal mesmo!!!!

A nossa mente é assim mesmo, em menos de um minuto é capaz de imaginar tudo e não fazer nada.hahahauhauhauhauhauaa

bjoka

Blue disse...

Lendo.....acaba-se torcendo!

Linda chegada da Luna Guria Gaúcha por esta paragens.
Parabéns a todos os colaboradores e a nós leitores!

Beijos pra Guria.

Mr. Almost disse...

Well, é uma guria, pensa como guria na perspectiva de guria. Normal, normal... Até compreendo essa inocência, essa candura, essa ingenuidade... Tem 22 anos, e embora espirituososa, tem 22 anos. É inexperiente, ainda não tem calo.

Na minha perspectiva masculina, também inocente e ingénua, acho que o cara do elevador estava chegando a casa vindo de transar, queria tomar um banho e dormir, e não estava a fim de gurias impertinentes com a ideia de fazerem parte do movimento rotativo da Terra.

Não fosse assim, aposto que o sujeito teria piscado um olho à moça e, sorrindo para ela, teria coçado os dentinhos com as unhas.

Essa cena do elevador não constitui "estreia" para mim. Há tempos, numa situação idêntica à entrada de um elevador, perguntei a uma guria se ela queria subir ou ficar em baixo... Ela não respondeu. Entrou e assinalou um andar qualquer. Cinco minutos depois uma voz feminina ligou para a minha suite (no hotel) dizendo "chamo-me Priscila", "você gosta de Madredeus?", posso subir", "tem camisinhas?"...

Eu respondi: - Pode subir, Priscila, o que a gente não tiver, a gente inventa.

No caso concreto não se trata da Priscila, trata-se de uma história fictícia da Luna. Well, há muito que eu tinha observado que o RM andava de olho gordo na Luna. Apesar da ficção, ele até sabe que a Luna tem um gato! Mas qual é a guria de 22 anos que não tem um gato, hein? A questão não é se tem gato, é se o gato arranha...

Cumprimentos a todos... Tenho andado muito ocupado.

Delirius disse...

ehehehe...., estou a imaginar...
... entre o sete e o oito, ui... que tentação, é... mas a gente trava mesmo..., sabe-se lá o que vai na cabeça desses gatos, né?!..

Amei, Luna! Como se estivesse vendo a cena a desenrolar.....

Beijo, menina.

rm disse...

Quaquaqua!

"Priscila", Portuga? Tem certeza de que não era traveca?

rss

Kika disse...

Adoreiii este texto Luna.
Olha q muitas vezes sou assim... kkkkk... Meu Deus, pq nós temos q pensar tanto né.

meus instantes e momentos disse...

da próxima vez evite essas avaliações,.
Vá pela escada...rsrs.
parabens pelo texto, ótimo.
Maurizio

airlon disse...

Eu protesto! Como assim? Quer dizer que a mulher tem um turbilhã ode idéias na cabeça, não coloca nenhuma em prática, e ao final o homem que é tachado de palhaço? Inversão de valores, alô, cadê você? rsrs, bjo, saudações musicais!

APS

Mr. Almost disse...

Certeza absoluta, caboclo.

Até o cheiro era de estrogênio puro.

Marcelo Labres disse...

Que novidade, Luna sem surpresa,
texto maravilhoso, e um desfecho
de quero mais entre o 5 & 6 ou 4 & 3. ????
Sou fã sem carteirinha. Mas quem sabe isso muda.

Bjo

Luna Sanchez disse...

Carlos,

É verdade, a mente cria, o corpo não compartilha, e a gente passa vontade...rs
________
RM,

De novo, obrigada pelo convite e pela recepção.
________
Ava,

Sabe que "atacando antes e pensando depois", me arrependi menos, estatisticamente falando? o/

* Obrigada pela acolhida, querida.
________
Dani,

Coitado do cara...talvez só estivesse no lugar errado, na hora errada.
________
Emerson,

E eu, igual.
________
Déia,

Juro que não tinha pensado em dar continuidade à história, mas pode ser uma boa sacada, moça do meu coração...
________
Sil,

É exatamente isso, flor! Bem ao estilo "ela sobe, ela desce, ela dá uma rodada...". Ahahahahaha
________
Daniel,

Tá vendo o estrago que um simples botãozinho pode causar? Rs
________
Miss,

É nessas horas que eu admiro a praticidade dos homens : que falta faz uma pitada disso, de quando em vez, né, gatona?
________
Mitti,

Imagina tudo, faz nada, e ainda põe a culpa nos outros, pode isso?! ;)
________
Blue,

Obrigada, moço.

(Gosto dessa palavra "paragem". ^^)
________
Mr. Almost,

Espirituosa, eu? Nada que se compare aos teus comentários, e esse, em especial, foi caprichado. Mas, ainda assim, seria bom que desse maiores detalhes da noite com a Priscila...fiquei curiosa para saber o que tinha e o que precisou ser inventado.

O gato é siamês, tem quatro patas, mas, enfim, não vem ao caso.
________
Delirius,

Entre o sete e o oito, bem que daria pra aproveitar...rs
________
Kika,

A gente pondera demais, mesmo. E quando ousamos e quebramos a cara, o chão desaba. Gostamos é de complicar, eu acho.
________
Maurizio,

Dica anotada. ;)
________
Airlon,

Exatamente! No alvo, moço! Rs
________
Cello,

Te conheço, senti que tem ideia no ar. ^^
________
Beijos a todos, e obrigada.

ℓυηα

Pensador disse...

E, como neste caso, muitas oportunidades na vida acabam jogadas no lixo. De pura bobeira.
Seja bem vinda ao RM. Com a qualidade de texto mostrada, tenho certeza de que vai ser ótimo lê-la...

rm disse...

Luna,
de novo, eu que agradeço.

(sabia que o Portuga ia cair nessa do gato... rss)

Udi disse...

Luna,
fez bem em não ter feito o elevador parar!
que coisa! esses homens que ficam analisando as mulheres no elevador... huáhuáhua!

Bela estréia, querida!
Nem precisa apertar, o Érre consegue dar conta de nós todas
;)

Mr. Almost disse...

Tá bom, Luna! Já que você quer saber mais...

Quando a Priscila chegou à suite do hotel mediu o ambiente e a companhia. Deixei-a à vontade, sem forçar a barra.

Dez minutos depois ela pediu se podia usar o telefone interno, ligou à mãe (dois pisos abaixo, pois eram residentes no hotel) e falou:

- Mãe, a Sandra brigou com o namorado e eu vou passar a noite em casa dela, dando apoio, tá?...

Encomendamos o jantar à recepção e jantamos na suite, ouvindo Madredeus, fodemos como coelhos toda a noite e de manhã, bem cedo, descemos ao parking do hotel. Priscila tinha lá uma moto potente e fomos tomar o pequeno almoço bem longe...

Nunca mais nos falámos. Jantei várias vezes no restaurante do hotel, algumas vezes acompanhado por outras gurias, e vi-a lá com a mãe, jantando também. Sorriamos ao longe, com os olhos cantando ao outro uma melodia só nossa:

http://www.youtube.com/watch?v=4z1l3Mop0_A

- O que inventamos?...

Inventamos um dia diferente de todos os outros, uma dia único.

On The Rocks disse...

pô, não deu, né?

normal. esse tipo de coisa vive acontecendo, seja no elevador, dentro do ônibus, na sala de espera do dentista...

parabéns para a luna!

até mais

Menina Misteriosa disse...

Luna,
PARABÉNS pela estreia! Sucesso sei que você terá... porque talento não falta!
Nós mulheres pensamos e complicamos demais, né? Enquanto estava se martirizando, ela podia ter aproveitado!!!! Acho que a Amargha podia dar uns conselhos pra ela, viu?
Com sempre, perfeito, linda! ;)
Beijos

Luna Sanchez disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luna Sanchez disse...

Pensador,

Talvez essa nem fosse uma oportunidade, mas, de fato, acontece de desperdiçarmos algumas boas, por bobagem.

* Obrigada. ;)
________
RM,

E não é que foi, mesmo? Rs
________
Udi,

Esse comportamento masculino é lamentável, não? kkkkkkkkk

* Obrigada, flor. ^^
________
Mr. Almost,

Interessante que de algo fugaz pode ficar uma lembrança doce.
________
On The Rocks,

Pois é, nossos radares estão sempre ligados...rs
________
Menina,

Fiquei pensando no que a Amargha diria para essa moça...ahahahaha.

* Obrigada, lindona.
________

Beijos meus,

ℓυηα

Udi disse...

Luna linda!
Parabéns redobrados por conseguir fazer Monsieur Almost sair da toca (de coelho?) e fazer um post dentro dos comentários de teu post!


Monsieur,
O que são dois andares abaixo para quem é capaz de inventar pontes sobre oceanos? ;)
Adorei a história e as invenções!

Luna Sanchez disse...

Udi,

Acho que essa história de coelho é pura modéstia do moço...sei não, mas arrisco o palpite de que ele esteja mais para leão.

Rs

Beijo e afago, querida.

Celine Ramos disse...

Luna, seja bem vinda!!!
O texto e o fato, realmente,está muito legal. Tanto movimento das idéias e a quietude das ações.
Feminices!

Beeijos,

Luna Sanchez disse...

Celine,

"Feminices" é A palavra. ;)

Obrigada!

Beeeeijo,

ℓυηα

rokerhunter disse...

Rokerhunter pede desculpa por chegar atrasado mas até um CAÇADOR DE HÍPÓCRITAS, nem sempre encontra a disponibilidade para dar caça aos hipócritas. Há muitos HIPÓCRITAS por esta blogosfera.
Custa acreditar na disponibilidade destas mULHERES (atentem no "m" minúsculo" que, ao serviço deste homenzinho, que deve ter uma família, se descalçam, perdem o ORGULHO e partem por aí fazendo comentários em todos os blogs anunciando um texto feito pelas "meninas" neste belíssimo blog que dá VOZ à mulherada que esteja vivendo frustação sexual ou de pegadinha. Esta rapariguita, Luna, por exemplo, expliquem para ROKERHUNTER o que a leva, tendo ela, se a verdade não mentir, 23 anos, a rebaixar-se e arriscar um texto pobre e sem qualquer algo de força literária? Mas, porque será que nenhum destes "palhaços e palhaças" tem a coragem de falar para ela que isto é POBREZA. Em vários aspectos da dignidade FEMININA? Os comentários que agradecem a visita de LUNA aos blogs de quem feste neste espaço um comentário é por si só uma resposta evidente da falta de vergonha. Reparem nesses olhinhos matreiros do RM no seu avatar. Puro gozo heim, chapinha?
Continuando, aparecem por aqui algumas pérolas literárias. Udi está fora disto porque não conta para as estatísticas. Uma carta fora do baralho a tentar pela milésima vez a reintegração. Para UDI, aconselho um olhar introspectivo porque você é (certeza) uma verdadeira mulher. Não continue sujando-se, pensando que não existe mais mundo para além deste ANTRO de "arranjinhos". Não se preocupe que não será expulsa por falta de visto. Tem a ver com DIGNIDADE que a lucidez permite ás pessoas de BEM.
Depois, aparece por aqui, frequentemente, e em outros blogs de "mulherada" alguns velhinhos (não apareceu neste pérola literária de LUNA) extremamente fodidos com a vida qurendo vingar-se da NATUREZA, tentando um tesão de LÍNGUA de pasmar!... O velhinho, acabado e gasto Tamburro é um bafejado pela sorte por tão grande priapismo literário. ROKERHUNTER, estando sempre atenta ao que se passa, estranha que a ignorância de algumas mULHERES deixe passar em claro algumas OFENSAS que este velhadas vem fazendo para elas, chegando ao cúmulo de as tratar como "PUTAS" de várias maneira indiretas. Convido todos os/as comentadoras deste espaço a lerem os comentários deste velho que não aceita recusas de nehuma ordem, nem negações de vseus mimos. Passem por blogs onde ele comenta e oerceberão. Em caso de dúvida na interpretação dos mesmos, contatem ROKERHUNTER, para explicação da verborreia deste homenzinha que, em final de porazo de validade, devia ser mais responsável pelo que faz e assina... Continuará sob VIGILÂNCIA ATENTA de ROKERHUNTER.

continua...

rokerhunter disse...

continuando...

Quanto à ignorância confranjedora das mULERES que apenas se interessam por visitas, temo que sejam casos de desapego irremediável.
Interessante o trabalho de avassaladora. Aceita tudo por amor ao que a mantém imóvel. Qual objecto de adoração de seu próprio desejo, fica imobilizada no deleite do mais reles comentário que façam em seu blog já gasto e sem ideias. Terá cada vez mais trabalho perla frente para convidar as visitas. vai ter que postar muita panelada de SEXO ou de MISÉRIA LACRIMOSA! Chorar muito sempre cativa os HIPÓCRITAS que, nas costas, vão rindo. Não é menino RM? É um gozo bestial. Bestial de besta.
Emerson souza. Ainda não existe. Está aqui a pedido.
O DANIEL SAVIO é um caso estranho. Arranjem uma namorada definitiva para o rapaz porque o "engenheiro" esforça-se por qualquer coisa que não é fácil de entender. Sofre de uma ingenuidade estranha, diferente dos padrões normais. Mas isto aqui é ponto de encontro e isso até pode explicar sua assiduidade. Rezando por ELE, talvez se salve. Mas é boa pessoa, o que causa mais estranhesa.
MITTI. Deixemos a rapariga empaz porque bem basta o mal dela. Se está procurando colo ou ombro amigo, aqui, só com SEXO à mistura. Ninguém ouve seus lamentos. Com pegadinha, terá seus problemas resolvidos. Se pegar. Procure Tamburro que ele dará conta do recado e, se você negar, vai levar rótulo de... não queira saber.
Não poderia fechar a caçada sem referir esse inefável e grande AMIGO do GRANDE AMIGO LULA DA SILVA, PRESIDENTE de TODOS OS BRASILEIROS. Que faz por aqui um quase ministro do futuro governo? Mr ALMOST? Quase, quase... este é um daqueles que levou uma chapa de cinco dedos das mãos de operário FABRIL, Lula e ainda hoje pensa que aquilo foi cumprimento ou carícia de mão. Anda por aqui iludindo desgraçadas sem emprego. Este não é HIPOCRITA, ultrapassando esse conceito, que para ele é muito suave, podemos chamar-lhe apenas de um rasteirinho oportunista vivendo no mundo da fantasia e tentando comer alice no país das maravilhas! Luna está na agenda. Se procura emprego, este Mr. quase quase é QUASE o homem certo.. para continuar no desemprego e com uma sensação estranha de que foi enganada pelo FUTURO MINISTRO! Uma anedota de fazer rir. Vamos rir todos juntos? HAHAHAHAHA....RSSSSSRSRSRSRSRS.....
LULA da SILVA devia estar atento a blogs deste género, acabar com eles e contribuir para uma realidade melhor.
Quanto ao texto de LUNA. Dedique-se ao cultivo de nabos porque por aqui isto é uma fartura. Sim, mas isso já você vem fazendo.

Haja VERGONHA.

rm disse...

Ei Luna,
como já falei, várias vezes, prefiro manter esse tipo de comentário estúpido, grosseiro, rançoso e debilóide a instituir qualquer forma de censura ou moderação de comentários.

Não me darei ao trabalho de responder e desejo, sinceramente, que esta pessoa cuide de sua saúde mental.

Mas o post é seu; você tem toda liberdade se quiser deletar comentários.

Mais uma vez peço desculpas aos leitores e às pessoas gratuitamente insultadas.

Luna Sanchez disse...

RM,

Pois eu acho que faz bem, sabe? A moderação dos comentários deve ficar a cargo da inteligência e da educação de quem os faz, se esse, o comentarista, possuir essas virtudes, evidentemente.

Mais do que nunca, vejo que a frase "Cada um oferece o que tem" faz todo o sentido.

Beijos, hoje é sexta-feira, a primavera está aí, e o final de semana será ótimo, certeza. ;)

ℓυηα

Anônimo disse...

ô seu portuga da merda,aqui no Brasil não tem ministro não, aqui é SENADOR como este pegadão do Sr que você chama de quase quase, pois fique sabendo que ele deu conta de muito emprego para muita galdéria em muita noite gostosa. Vê lá se te afoga, viu?

rokerhunter disse...

RoKERHUNTER não costuma responder a anónimos mas vai abrir uma uma exceção para este anônimo danado. SENADOR é SENADOR e esse paspalho que refere é uma QUASE. Não esqueça de entender a diferença. Acha que um ALMOST andaria cçando debilóides nesta blogocoisa se fosse ALGUÉM?
VOCÊ não é HIPÓCRITA porque o anônimato nao o permite.
Ao patrão do VERBO CHULAR merece nem resposta pequena porque negócio da criatura é mesmo esse. Um sem vergonha sem vergonha.
Para luna quer ser luz na noite e não tem vergonha de apagar sua vergonha que já apagou faz muito tempo. Procura outra e procura emprego porque se encontar uma encontra outra. Mas tem sempre pegadinha de sexo porque vida é fácil não. Você vai perder na aposta porque escolheu perder. Vergonha já perdeu.

Vai trabalhar malandro. não põe mocinha trabalhando pra você.