3 de set de 2009

“POUPEM-ME O DESPERDÍCIO DE EXPLICAR O ATO DE BRINCAR” – HILDA HILST (by Cora)

Quem és? Perguntei ao desejo.
Respondeu: lava. Depois pó. Depois nada.


Toma-me ao menos

Na tua vigília.

Nos entressonhos.

Que eu faça parte

Das dores empoçadas

De um estendido de outono

Do estar ali e largar-se

Da tua vida.

Toma-me

Porque me agrada

Meu ser cativo do teu sono.

Corporifica

Boca e malícia.

Tatos.

Me importa mais

O que a ausência traz

E a boca não explica.

Toma-me anônima

Se quiseres. Eu outra

Ou fictícia. Até rapaz.

É sempre a mim que tomas.

Tanto faz.


In: Cantares – Poema XXXVIII






NOTA DO ADMINISTRADOR
Ela não tem blog, não tem imagem disponível... É de se supor que não se saiba sua idade, se é casada, se tem filhos... Mas ela tem opinião e a expressa com freqüência nos blogs da chamada "confraria". E o faz de forma que a muitos encantou com sua inteligência, cultura e alto astral.
Também a convidei para tornar-se uma das autoras desse blog mas ela recusou: prefere colaborar eventualmente... Thanks, Cora, costumeiramente.
.

22 comentários:

Denise disse...

Encantadoramente modesta e timidamente elegante.
Gosto disso...muito

Helô Müller disse...

A moça pode ser até "meio invisível" como vc citou, RM, mas o seu bom gosto é bem visível para todos, com a sua bela escolha inaugural !
Parabéns Cora!
Helô

Daniel Savio disse...

Quando se ama, devemos explorar todas as possibilidades...

Fiquem com Deus, meninas e menino.
Um abraço.

Udi disse...

Yessss! Coraaaaa!
Como sempre, deixa-me sem palavras.
Profundamente tocante.
O Verbo é feminino e o olhar também!
Mais um, mais um, mais um!
beijos

Cora disse...

Denise,

percebi que você também é adepta do jogo sedutor "mostra/esconde"...rs

Beijo.

Cora disse...

Gracías, Helô

É gostoso um elogio como este vindo de você, que prima pelo bom gosto com competência invejável. É, sim!

E Hilda Hilst é sempre uma boa pedida.

Beijo.

Cora disse...

Daniel,

yeah...é sempre possível amar mais e mais amor, sem conta.

Beijo.

Cora disse...

Udi,

Simpatia em pessoa!

Hilda Hilsta é uma das nossas maravilhas literárias e o poema manifesta uma feminilidade com a qual eu me identifico muito.

Busco a totalidade no Amor e na união, prá sempre! ...senão de almas, que seja de bocas e tatos...rs

Beijo.

rm disse...

Ei Cora,
fiquei muito (bem) impressionado, tanto com os versos quanto com o vídeo. Conheço pouco a autora e precisei de algum tempo para assimilar. E gostei!

(viu? Nem doeu... rss)

Cora disse...

RMau,

A mulher (In)visível agradece a acolhida de braços abertos... Agora aperta muito não, tá! Rs

Beijinhos.

rm disse...

Claro, senão ela geme! rss

Cora disse...

sssss..ai, to sem ar! (rs)

(bobobobo)

Anne M. Moor disse...

Cora
Parabéns pela escolha... Adoro Hilda Hilst, poeta intensa e envolvente!

Beijos

Pensador disse...

E precisa explicar ainda mais claramente do que está feito nesta bela obra? Pobre de quem precise desta explicação. Simplesmente maravilhoso. Parabéns, Cora!

Cora disse...

Anne,

A mulher é maravilhosa!

Além de envolvente, a genialidade das suas escritas é tocante, porque ela fala de coisas essenciais como a Vida, a Morte, o Amor, a Alma, de Deus... da busca interior, da vivência humana.

Beijos.

Cora disse...

Pensador,


bem pensado...rs. Obrigada.

Beijo.

Ava disse...

As vozes do VERBO, só tem a ganhar com sua estréia...

Benvinda!


Bela escolha!

Cora disse...

Obrigada pelo carinho, Ava.

Luna Sanchez disse...

Sem restrição, sem amarras, sem cobranças, sem fórmulas mágicas, apenas pelo querer.

Lindo, mesmo.

Também não li muito da obra de Hilda Hilst, e vale a dica, Cora. Parabéns.

* RM :

Vou aproveitar a pergunta que deixou lá no comentário, e fazer uma postagem para responder, tá bom?

Beijos para vocês, bom feriado.

ℓυηα

Mr. Almost disse...

Poesia perfeita. Incisiva. equilibrada. Ritmada. Decisiva. Imperativa. Que continue. Excelente escolha musical. Montagem do videograma perfeita: Gurias. Despidas. Maminhas. Picanha. Entrecosto. Entressonhos.
Eu estendido.

A poetic star was born.

Cora disse...

Sim, Luna, lindo e vasto...rs

Não deixe de ver o portal de Hilda Hilst:

http://www.hildahilst.com.br

Cora disse...

Mr. Almost,

Que bom que você sentiu o mesmo, in the mood for love...

Beijo.